logo-footer
Matéria

Ciclo operacional e ciclo financeiro: quais as diferenças?

Algumas das principais ferramentas utilizadas pelos empreendedores para avaliar as situações econômicas de seus negócios são conhecidas como ciclo operacional e ciclo financeiro. Esses indicadores demonstram o nível de eficiência dos recursos investidos no negócio, o que é muito importante para melhorar a tomada de decisão, a precificação de produtos e mais.

Justamente pensando na importância do assunto que elaboramos este post no qual trazemos os conceitos do ciclo operacional e do ciclo financeiro, suas diferenças, como calculá-los a partir de exemplos práticos e qual a importância de acompanhá-los. Boa leitura!

Quais são os conceitos e as diferenças do ciclo operacional e do ciclo financeiro?

Os ciclos medem o tempo necessário de produção e recebimento de pagamentos, assim, estão diretamente relacionados ao resultado das vendas e ao gerenciamento de prazos e compromissos pela empresa. Veja os conceitos abaixo!

Ciclo operacional

É o intervalo de tempo que engloba a compra das mercadorias ou da matéria-prima para a produção, o tempo de estoque, o pagamento de fornecedores e o recebimento dos produtos pelos clientes, correspondendo à vida útil dos itens.

Quanto menor esse período, melhor será para a empresa, já que isso demonstra a eficiência produtiva e do retorno financeiro. Ressalta-se que, se a organização realizar somente vendas à vista, esse ciclo terá o mesmo prazo que o ciclo econômico (tempo em que um produto permanece em estoque). Seu cálculo consiste na seguinte fórmula:

Ciclo operacional = ciclo econômico + Prazo Médio de Contar a Receber (PMCR).

Imagine uma empresa que tem o ciclo econômico de 46 dias, e que o seu PMCR (pagamento efetivo das compras) é de 61 dias. Seu ciclo operacional será o seguinte:

Ciclo operacional = 46 dias + 61 dias

Ciclo operacional = 107 dias.

Ciclo financeiro

Chamado também de ciclo de caixa, trata-se do período entre o desembolso dos cursos de produção (pagamento aos fornecedores) e o recebimento das vendas. Quanto maior for o poder de negociação da organização, menor será esse ciclo.

Esse indicador mede a saúde financeira da empresa e indica a necessidade de alteração em suas negociações. Por exemplo, um prazo curto demonstra que a organização trabalha o financiamento de fornecedores e a programação de recebíveis, o que evita recursos externos e aperfeiçoa o fluxo de caixa. Sua fórmula é a seguinte:

Ciclo financeiro = ciclo operacional – Prazo Médio dos Pagamentos aos Fornecedores (PMPF).

Vamos usar como exemplo a mesma empresa do tópico anterior, que tem um ciclo operacional de 107 dias e um PMPF de 32 dias. Nessa hipótese, o cálculo será:

Ciclo financeiro = 107 dias – 32 dias

Ciclo financeiro = 75 dias.

Qual a importância de acompanhá-los?

Acompanhar esses ciclos é fundamental para qualquer empresa que almeja sucesso econômico, pois ignorá-los impede que a organização otimize seus processos. Ela pode ter um ciclo operacional maior que o aceitável, bem como sua negociação pode ser precária, o que causa desequilíbrio financeiro em longo prazo.

Por outro lado, a administração adequada desses ciclos assegura ao gestor um retrato fidedigno e transparente de seu negócio, o que aperfeiçoa sua tomada de decisão e a projeção do fluxo de caixa e minimiza a necessidade de capital de giro.

O gestor que conhece e sabe aplicar os conceitos de ciclo operacional e ciclo financeiro tem, em suas mãos, as ferramentas para o sucesso, mas é fundamental manter um controle preciso e automatizado de seus processos, bem como uma boa gestão documental.

O nosso post foi útil? Curta nossa página do Facebook agora mesmo e fique de olho nas nossas futuras publicações!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Por que contar com um sistema de informação contábil?

Ao gerenciar um negócio, muitas vezes nos deparamos com informações imprecisas ou pouco confiáveis. Isso dificulta ou retarda nossa tomada de decisão em momentos estratégicos. Portanto, ter a nosso dispor um sistema de informação contábil (SIC) eficiente, que entregue relatórios completos e precisos, é essencial.

Por que contar com um sistema de informação contábil?

Ao gerenciar um negócio, muitas vezes nos deparamos com informações imprecisas ou pouco confiáveis. Isso dificulta ou retarda nossa tomada de decisão em momentos estratégicos. Portanto, ter a nosso dispor um sistema de informação contábil (SIC) eficiente, que entregue relatórios completos e precisos, é essencial.

Confira as particularidades da LGPD para pequenas empresas

Nunca se falou tanto em proteção de dados como na atualidade, afinal cada vez mais sites recolhem os dados de seus visitantes. Por isso, foi necessário que se criasse uma lei para proteger determinadas informações.

Confira as particularidades da LGPD para pequenas empresas

Nunca se falou tanto em proteção de dados como na atualidade, afinal cada vez mais sites recolhem os dados de seus visitantes. Por isso, foi necessário que se criasse uma lei para proteger determinadas informações.

O que são incentivos fiscais? Entenda como funcionam

Algumas empresas recebem incentivos fiscais na intenção de estimular o desenvolvimento econômico e social. Muitos empreendedores sabem disso, mas desconhecem regras, direitos, deveres e demais informações relacionadas ao assunto. Assim, deixam de usufruir desse recurso.

O que são incentivos fiscais? Entenda como funcionam

Algumas empresas recebem incentivos fiscais na intenção de estimular o desenvolvimento econômico e social. Muitos empreendedores sabem disso, mas desconhecem regras, direitos, deveres e demais informações relacionadas ao assunto. Assim, deixam de usufruir desse recurso.

Quais são as principais características da sociedade Ltda?

Com certeza, você já ouvir falar em uma sociedade limitada, mas será que você sabe o significado dessa nomenclatura sob o ponto de vista legal? Ainda, sabe quais são as características que diferenciam uma sociedade limitada dos outros tipos societários?

Quais são as principais características da sociedade Ltda?

Com certeza, você já ouvir falar em uma sociedade limitada, mas será que você sabe o significado dessa nomenclatura sob o ponto de vista legal? Ainda, sabe quais são as características que diferenciam uma sociedade limitada dos outros tipos societários?

Agronegócio: o que você mais precisa saber sobre o setor

O Brasil é um local que se destaca no setor do agronegócio. De acordo com alguns especialistas, como Paulo Hermann, presidente da John Deere...

Agronegócio: o que você mais precisa saber sobre o setor

O Brasil é um local que se destaca no setor do agronegócio. De acordo com alguns especialistas, como Paulo Hermann, presidente da John Deere...

Ciclo operacional e ciclo financeiro: quais as diferenças?

Algumas das principais ferramentas utilizadas pelos empreendedores para avaliar as situações econômicas de seus negócios são conhecidas...

Ciclo operacional e ciclo financeiro: quais as diferenças?

Algumas das principais ferramentas utilizadas pelos empreendedores para avaliar as situações econômicas de seus negócios são conhecidas...
Anterior
Próximo